7 a. m… (Conto)

 

7am
Créditos: https://publicdomainvectors.org/pt/vetorial-gratis/M%C3%A1scaras-de-com%C3%A9dia-e-trag%C3%A9dia-vector-imagem/68645.html

Após uma longa e mal dormida noite, o comediante ligou o modo soneca de seu despertador depois que este tocava por trinta segundos… mas não conseguiu voltar a dormir. Apenas levou as mãos a cabeça e pensou que estava acordando de um pesadelo em outro e que se pudesse escolher, se manteria no primeiro, afinal, a solidão em uma ilha deserta e a fuga de um naufrágio pareciam mais divertidos que a sua vida… o celular tocou novamente, já sem esperanças de conseguir voltar a um efêmero cochilo, levantou…

Conferiu suas redes sociais e seu saldo bancário e confirmou as terríveis rápidas previsões da noite anterior. Uma piada infeliz ainda não tinha sido completamente esquecida e nenhum depósito fora confirmado… um café ralo como o que estava se acostumando há semanas, o banho frio recorrente… enrolado na toalha se olhou no espelho e pensou em desistir, começar a estudar para concurso, distribuir currículos para serviços gerais… mas rapidamente se lembrou que era uma opção ainda mais complexa, pois apesar de sua tristeza, gostava de fazer as pessoas rirem… 

Naquele dia, teria freelancers em algumas festas de crianças, voltara a estaca zero, como já havia feito antes …….. mas dessa vez, usava a maquiagem e os sorrisos para esconder seu verdadeiro sentimento… tinha a esperança de que algumas risadas pudessem desviar e animar sua imaginação… enquanto vestia seu traje típico, pensou novamente em formas de sair da situação… mas em algum momento, se pegou parado olhando para baixo e só pode fazer um sinal negativo com a cabeça…levantou-se, ensaiou uma felicidade camuflada e saiu…………

……

…….

De volta pra casa, doze horas depois e com cem reais no bolso pensou que poderiam ser cento e vinte, mas apesar de estar arrependido antes mesmo de fazê-lo, passou no bar, sem nem tirar a maquiagem e comprou uma garrafa de cachaça para quem sabe, fugir da realidade… um cachorro quente simples para viagem no primeiro carrinho que encontrou seria o jantar… mas estava de volta a sua vida, a cada gole sentado na mesa, mais memórias vinham a tona, de uma época em que a mesma preocupação não existia ou mesmo as mais recentes dos últimos e massacrantes dias… a boa notícia? consiguira mais alguns freelancers para o fim de semana… sem motivação para uma nova ducha, adormeceu no sofá……

Um comentário em “7 a. m… (Conto)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s