TERCEIRA TEMPORADA – EM QUARENTENA

pexels-photo-1067183
creditos: https://www.pexels.com/photo/empty-street-japan-japanese-kyoto-1067183/

Já tem um tempo que não escrevo por aqui e na verdade, já sentia falta há vários meses, visto que a ideia central ainda é a que procuro perseguir: me obrigar a treinar a escrita e me expressar de alguma forma diante das impressões que o mundo oferece diariamente. O ano de 2020 começou estranhamente promissor para o Devaneios Irrelevantes, uma vez que diferente do anterior, estou me dedicando exclusivamente à minha pesquisa de doutorado, o que por sua vez, aumenta consideravelmente as horas livres diárias, as quais posso utilizar neste espaço, mesmo que não tenha nem pretensão de publicar todos os dias.

Somado a isso, nas últimas semanas e mais ainda, nos últimos dias, o infeliz notícia de uma pandemia mundial causada pelo “Novo Coronavírus” obrigou governantes de várias países do mundo a decretar (ou sugerir, ou impor, ou pedir desesperadamente) quarentenas para a população, o que basicamente significa ficar em casa e aproveitar aquilo que ela pode oferecer. Talvez esse seja um dos momentos que nos faz gritar “VIVA A BLOGOSFERA” a plenos pulmões, pois aqui, podemos mais uma vez expor e trocar concepções do caos que se anuncia (ou que já vivemos) e de qualquer outro assunto que por acaso tenha surgido em nossas mentes.

Escrever um blog tem sido uma experiência muito enriquecedora, não apenas porque ela de fato contribuiu com o desenvolvimento positivo das minhas técnicas de escrita, o que ajuda muito no trabalho acadêmico, uma vez que a redação final é o resultado de qualquer cientista de todas as áreas, mas também porque me pôs em contato com um universo desconhecido. Não é possível saber até onde essas linhas circulam, nem quem as acessou, muito menos quantas riram, reprovaram, discordaram ou se quer chegaram ao fim, mas elas continuam publicadas e são minhas e sempre contém um posicionamento.

Neste sentido, posso afirmar que o Devaneios Irrelevantes tem cumprido o papel o qual dispôs a aproximadamente dois anos atrás: expor a opinião a desconhecidos, expressar-se pela via escrita sobre assuntos que na maioria das vezes não cabem na necessária rigidez da academia. Mantenho minha opinião que a imparcialidade total é impossível, mas isso não nos impede de ter um compromisso com ela quando o trabalho é informar aos leitores as conclusões de um investigação científica.

No mais, voltando ao assunto inicial que queria tratar nesta volta, espero que possamos enfrentar esta crise com o máximo de responsabilidade possível, ao contrário do que o presidente brasileiro tem feito copiosamente, e que possamos tirar dela lições importantes sobre ter um sistema público de saúde preparado, um governo capacitado e uma população minimamente comprometida com o bem coletivo e já que estou apelando para opiniões estritamente pessoais, digo que é hora sim de superestimar o vírus e sua proliferação, é hora sim de defender que todo cuidado é pouco e também de estar o mais bem informado possível. Desejo boa sorte a todos e que possamos usar conscientemente as horas a mais que teremos em nossas casas, um momento para incentivar o consumo da arte.

STAY HOME!

4 comentários em “TERCEIRA TEMPORADA – EM QUARENTENA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s